Cinema ao Ar livre, Música, Pic Nic,

Arte e Susutentabilidade

Sobre o projeto
Barcelona julho 2010 – Verão, a cidade fervendo, as pessoas nas ruas eventos culturais acontecendo todos os dias.

Após 30 dias de um curso de pesquisa de tendências no IED Barcelona e um evento incrível de cinema ao Ar Livre na Sala Montjuic nasceu o SlowMovie.

Experiência de Cinema ao Ar Livre, Pic Nic, Arte, Música…Reconexão criado com base no SlowMovement.

Movimento de Tendência mundial que se encaixa perfeitamente às grande capitais, onde somos consumidos pelo stress, correria do dia a dia, trânsito, falta de tempo para uma alimentação mais saudável, para os amigos e a família, para um contato maior com você mesmo e com a Natureza, falta de tempo para RESPIRAR profundamente.

O SlowMovie foi criado para que as pessoas conheçam parques e praças da cidade e neles permaneçam um tempo….tempo para um pic nic, para sentar e contemplar o lugar onde está e a cidade, escutar músicas cantadas por artistas da nova geração da MPB, presenciar artistas de Street Art fazendo intervenções, Reciclar seu lixo.
A experiência estimula as pessoas as se conectarem com elas mesmas e o lugar onde elas vivem, olhando sempre por onde passam, respirando, aumentando seu tempo contemplativo e se preenchendo de coisas boas.

Tudo é feito de uma forma especial, a cenografia é feita toda de material que pegamos em caçambas, caixas de papelão usadas, garrafas pets… juntamos tudo e fazemos com ajuda dos amigos uma oficina para montarmos todas as plaquinhas, bituqueiras, cortarmos os tecidos das cangas e o que mais seja necessário

Assim Reciclamos nosso Mundo.

O projeto desde o princípio é feito com a participação de empresas e amigos que acreditam que parar um pouco é necessário, onde buscar um tempo para si só nos torna mais sensatos e mais felizes onde Reciclar é respeitar a Natureza e é a base para nosso desenvolvimento futuro.

Este é um projeto que nasceu na cabeça e é feito com o coração e de coração para todos que acreditam que cada um com pequenas atitudes podem transformar a si mesmos e o Mundo em que vivemos.
Tatiana Weberman
Clipping